Buscar

A Expressão da Alegria




Tenho ouvido nos últimos tempos, muitas vezes, a expressão: "Éramos t

ão felizes e não sabiamos!"


No passado, também vivi várias situações na minha vida, que me levavam a ter esses pensamentos... até ao dia que decidi ser feliz, todos os dias.


Durante muito tempo não conseguia compreender como se banalizava tanto a alegria, como se vivia essa utopia de promover algo que eu própria tinha tanta dificuldade em sentir. Abominava cursos e wokshops que vendiam "alegria"... e ainda hoje sinto que há muito marketing nisso.


E quando sentia alegria, vinha logo a culpa... gatilhos insconscientes.


Hoje sei que há vários níveis de alegria, não me refiro agora à alegria de quem, por exemplo, comprou algo que já estava há muito tempo a espera ou de quem concretizou um objetivo qualquer.


Falo-vos de uma alegria, que só há uns 4/5 anos experimento, mas que começa a ser cada vez mais crescente, uma alegria dos planos mais internos, de quem é grata pelo simples facto de caminhar pelo Planeta Terra.


De quem rejubila ao andar no meio das árvores e fica feliz por ver borboletas. Para alguém que durante anos só gostava de estar na cidade, é uma grande mudança.


Algo que começou a florescer desde níveis mais profundos, pelo tanto que tenho semeado no meu jardim interior. A alegria que advém também de Saber quem Sou e o meu lugar neste plano. A alegria de saber que sou a protagonista da minha própria história e que não espera que os outros a promovam por mim.


Não significa que não sinta por vezes, a ansiedade, tristeza, e outras emoções desafiantes mas escolhi dar a mão, acolher e integrar tudo o que emerge, e com isso criei terreno fértil para Semear tudo o que quero viver.


Hoje testemunho o maravilhoso que é permitirmo-nos assombrar, contagiar pelas mais pequenas/grandes dádivas da vida.


A alegria que floresce e que vem também da nossa consciência que temos este incrível poder de escolher o que querermos Ser em cada momento, e agirmos em conformidade, congruência ,com determinação e resiliência mas ao mesmo tempo com entrega para que os planos que a VIDA tem para nós SE CUMPRAM!


Uma dança em sincronia entre nós e a vida...


Hoje sei que isto não é apenas para os monges, para os "Zen", mas para todos os que decidem comprometer-se e permitir-se viver em reconciliação com a VIDA!


Pode não acontecer de um dia para o outro, mas vai cada vez mais, tomando forma e vigor dentro de nós. Está ao alcanse de todos💖!!


E é uma benção!!


Abraço-vos💖💖💖

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

©2020, por Carla Pereira

para Ana Sofia Lys com Wix

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now